Noite na Taverna Manuel Antônio Álvares de Azevedo

Título:    As Vítimas-Algozes

Autor:    Joaquim Manuel de Macedo   

Categoria:    Literatura

Idioma:    Português

As Vítimas-Algozes Joaquim Manuel de Macedo




Fragmentos

AS VÍTIMAS-ALGOZES
Joaquim Manuel de Macedo

I

SIMEÃO, O CRIOULO

I

No interior e principalmente longe da vila, ou da freguesia e dos povoados há
quase sempre uma venda perto da fazenda: é a parasita que se apega à árvore; pior que
isso, é a inimiga hipócrita que rende vassalagem à sua vítima.
A venda de que falo é uma taberna especialíssima que não poderia existir,
manter-se, medrar em outras condições locais, e em outras condições do trabalho rural,
e nem se confunde com a taberna regular que em toda parte se encontra, quanto mais
com as casas de grande ou pequeno comércio, onde os lavradores ricos e pobres se
provêem do que precisa a casa, quando não lhes é possível esperar pelas remessas dos
seus consignatários ou fregueses.
Essa parasita das fazendas e estabelecimentos agrícolas das vizinhanças
facilmente se pode conhecer por suas feições e modos característicos, se nos é lícito
dizer assim: uma se parece com todas e não há hipótese em que alguma delas, por mais
dissimulada que seja, chegue a perder o caráter da família.

As Vítimas-Algozes	Joaquim Manuel de Macedo



Por Blog Caderno de Educação


Compartilhe Compartilhe Compartilhe
Compartilhe em suas Redes Sociais!


Sobre:
Este Blog visa compartilhar conteúdo e publicar matérias informativas ou sugestivas e livros em domínio público.


0 Comments:

Publicar um comentário

.
Com tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar